28 de jul de 2009

Sombra e água fresca


Quem mora em um país de clima quente, como nosso Brasil, dispõe de maneira fácil e eficiente de refrescar a casa e reduzir o consumo de energia: fazer sombra. Instale uma treliça ao lado da parede mais quente da casa e faça subir por ela uma trepadeira de crescimento rápido. A treliça deve estar a 15 centímetros da parede para criar uma camada de ar frio. Caso não exista uma faixa de terra em torno de sua casa, saiba que trepadeiras como a clamatite e a glicínia se desenvolvem bem em vasos e floreiras. Informe-se com um especialista sobre as variedades mais apropriadas às suas necessidades e condições.

24 de jul de 2009

Dê um tempo

A menos que você seja médico ou o presidente de uma nação em crise, lembre-se de desligar o telefone celular antes de ir para a cama. Além de economizar bateria, essa providência impedirá que você seja acordado ou acordada às quatro da manhã com uma mensagem de tesxto lhe oferecendo ringtones gratuítos.

17 de jul de 2009

Descobertas diárias

Ajude seus filhos a se ligar cada vez mais à natureza apresentando-os a uma atividade diferente por dia. Se você estiver sem muitas idéias, consulte a internet, as bibliotecas ou as livrarias. Com certeza você encontrará diferentes sugestões para todas as estações do ano.

Bandeiroso

Se você defende uma causa a ponto de empunhar sua bandeira, trate de não prendê-la no carro. Um especialista em aerodinâmica calculou que duas bandeirolas presas a um carro criam atrito suficiente para queimar um litro extra de combustível por hora à velocidade de 110 quilogramas por hora. Surpreendente não é?!?

Quarto com vista

Para obter janelas limpas sem efeitos colaterais, borrife os vidros por dentro e por fora com uma mistura de 150 milímetros de líquido com um litro de água morna. Remova o excesso de líquido com um rodinho e seque os vidros com um pano macio ou uma folha de papel. Em geral são necessárias duas aplicações para eliminar todas as manchas, pois os produtos industrializados (que você utilizava) contêm graxas que demoram a sair.

16 de jul de 2009

Saia na frente

Converse com seus filhos sobre as medidas que a família pode tomar para reduzir seu impacto ambiental. Se a idéia de conservação fizer parte do dia-a-dia deles, eles se engajarão com mais facilidade (ou pelo menos aceitarão) em atitudes como desligar as luzes e os eletrodomésticos, dirigir menos e comprar mercadorias recicladas em embalagens modestas.

Esvazie a geladeira

Antes de sair de férias, trate de esvaziar a sua geladeira. Coma todas as sobras e dê a seus vizinhos os produtos perecíveis que não conseguir consumir. Não os jogue fora. Se a geladeira contiver coisas que duram, diminua sua temperatura. Caso contrário, tire-a da tomada.

15 de jul de 2009

Vá com calma!

A pressa sempre nos obriga a tomar as piores atitudes - gastar combustível em vez de andar; apelar para um fast-food, em vez de almoçar uma comida saudável. A vida agitada custa caro, tanto para o bolso quanto para o meio ambiente, e pode ser decisiva, para sua saúde e sua felicidade.

Planeje tudo com antecipação e seja realista quanto ao que é capaz de cumprir em um único dia. Talvez seja necessário reduzir as atividades e começar a fazer as coisas com calma que elas merecem. Depois é só aproveitar!

Parece difícil tornar isto uma realidade. Você é quem faz o seu tempo. Todo mundo tem as mesmas 24 horas por dia.

Uma vida mais simples

Se deseja reduzir o impacto que causa no planeta, trate de adotar uma vida mais simples.

Faça um esforço para reduzir o número de posses, mantendo apenas os objetos que usa com frequência. A princípio, esse é um grande desafio, mas, ao adotar essa filosofia de vida, você automaticamente passará a consumir menos e produzir menos lixo.

TI a favor do ambiente

Como a Tecnologia da Informação (TI) pode trabalhar a favor do meio ambiente? Seguem alguns exemplos abaixo.

Ao invés de realizar inúmeras viagens para participar de reuniões e treinamentos já tentou utilizar as facilidades das ferramentas disponíveis na internet para isto?

Através delas você fará quase tudo virtualmente, melhorando sua qualidade de vida, já que não precisará viajar tanto e também irá colaborar com a redução da emissão de carbono, já que não emitirá CO2 por conta de suas viagens.

Segue alguns dos programas que permitem este tipo de serviço:
  • Webex (www.webex.com.br). Com ele você pode fazer reuniões, treinamentos, dar suporte e muitos outros pontos, virtualmente. Nele por exemplo tem o Webinar, onde pode apresentar sua empresa para outros e alcançar locais onde não conseguiria presencialmente. Um dos pontos muito importantes também é que economizará e muito com viagens, hospedagens e alimentação. Teste grátis por 30 dias.
  • Skype (www.skype.com): Software para fazer ligações através da Internet. Através dele você poderá falar gratuitamente com outras pessoas que também utilizam esta ferramenta. Poderá também fazer chamadas para telefones fixos e celulares de todo o mundo com taxas bastante reduzidas. É possível também fazer reuniões virtuais com até 10 pessoas simultâneas. Confira!
  • Justvoip (www.justvoip.com): Pouco divulgado, mas talvez o mais impactante para seu bolso quanto todos os outros. Este aplicativo também permite fazer chamadas entre computadores que utilizam o programa igual ao Skype. O grande diferencial deste é que, você faz a compra de créditos de 10 Euros com um cartão internacional e pode ligar grátis para qualquer telefone fixo de todo o Brasil por 120 dias. Após estes 120 dias, o sistema passará a consumir os 10 euros comprados inicialmente cobrando taxas por minuto bastante interessantes. Outro ponto interessante deste programa é que você coloca o número de seu sistema fixo e o número do telefone fixo que deseja ligar e o sistema irá ligar para o seu fixo e depois para o outro telefone que deseja e você falará pelo seu próprio telefone normalmente. Vale a pena.
Utilizo todos eles e recomendo demais. Nos tempos atuais, não há porque gastar fortunas com telefones e muito menos poluir o meio ambiente com nossas viagens que podem ser evitadas.

Caso tenha alguma dúvida sobre estes e outros programas de colaboração virtual, favor deixar seu comentário que responderei assim que possível.

14 de jul de 2009

Campanha "Saco é um saco"


"Qual o custo ambiental de uma sacola plástica descartada de forma incorreta? A quem afeta o consumo excessivo e incorreto desse material? Assista ao filme preparado pelo Ministério do Meio Ambiente e veja como este problema afeta a todos, inclusive você." Fonte: MMA

Clique aqui e assita ao vídeo da campanha "SACO É UM SACO"

Corte o CO2. Calcule sua pegada.

O dióxido de carbono (CO2) é um componente essencial à Terra. Ele aprisiona os raios solares na atmosfera, o que garante uma temperatura propícia à vida. Com a atividade humana, porém, especialmente a queima de combustíveis fósseis, hoje o nível de CO2 na atmosfera é o mais alto em 650 mil anos. Ele está funcionando como um cobertor grosso demais, aquecendo o planeta a ponto de alterar o equilíbrio climático que sustenta a vida tal como a conhecemos.

Todas as atividades, da respiração ao ato de dirigir um automóvel, produzem CO2. No Reino Unido, por exemplo, uma pessoa gera em média 11 toneladas de CO2 por ano, ao passo que nos EUA esse número sobe para 20 toneladas. Os cientistas calculam que cada pessoa deve reduzir a "pegada de carbono" a menos de 2,5 toneladas por ano para que as alterações climáticas sejam contidas. Parece muito, mas este objetivo pode ser alcançado com uma série de mudanças de estilo de vida.

Clique aqui para calcular agora a sua pegada de carbono e veja a quantas árvores ela equivale.

Caso queira, deixe nos comentários deste texto o resultado de sua pegada e o que fará para reduzí-la.

Alimente a calculadora com dados novos de tempos em tempos e observe como a emissão anual de CO2 diminui com a adoção de novos hábitos.

12 de jul de 2009

O que posso fazer?


Diante de tarefas como levar os filhos à escola, pagar o financiamento da casa ou apartamento,marcar hora no cabeleireiro, escrever um relatório e visitar a família, salvar o planeta pode parecer uma tarefa excessiva. No entanto, não é preciso ter tempo ou dinheiro extra, nem capa ou super poderes para realizar a sua parte em prol da Terra. O estrago que estamos causando é resultado direto do nosso estilo de vida. Todas as nações exercem um impacto sobre o mundo natural. Assim, qualquer mudança em nossa rotina, do momento em que acordamos até a hora de voltar para a cama, é uma oportunidade de cuidar do planeta sem acrescentar muitas tarefas à nossa agenda. Todas as nossas atividades podem sofrer alterações mínimas mas importantes pelo bem do planeta: da comida que ingerimos ao modo de armazená-la e prepará-la; dos hábitos de consumo à maneira como lavamos a roupa; dos esportes que praticamos aos produtos usados para limpar a casa.

Não é preciso ser um exemplo de virtude. Até a mais egoísta das criaturas pode fazer alguma coisa pelo planeta. E os efeitos colaterais não são desprezíveis: economia de dinheiro, perda de peso, ganho de músculos, crianças entretidas.

Este blog apresenta sugestões variadas para protegermos a Terra e desenvolvermos uma sociedade mais justa e igualitária. Algumas são pequenas modificações nos hábitos pessoais, que repetidos diariamente, têm um impacto muito grande ao longo do tempo. Outras são ideias de longo prazo, que exigem comprometimento e investimento maiores.

Discutiremos questões ambientais essenciais, como as alterações do clima, os alimentos geneticamente modificados (transgénicos) e as fontes renováveis de energia. Não existe uma receita única que torne nosso estilo de vida perfeito, mas definitivamente há mais de 1001 ações positivas a serem acrescentadas à mistura...

Impacto destruidor de nossas ações


O impacto destruidor de nossas ações é visível no mundo todo. Por exemplo, peixes estão mudando de sexo graças à exposição a toxinas produzidas pelo homem, e espécies vêm sendo extintas a uma velocidade recorde devido à destruição de seus habitats. As alterações climáticas associadas à queima de combustíveis fósseis compõem uma antologia de contos de terror - dos ursos polares que se afogam ou morrem de fome por causa do degelo que acontece mais cedo a cada ano às centenas de milhões de pessoas ameaçadas pela elevação do nível do mar.

Esses deixaram de ser problemas que talvez nossos netos viessem a enfrentar. Deixaram de ser uma hipótese para se tornar uma ameaça real. Os cientistas estimam que, se não reduzirmos de forma significativa nosso impacto no meio ambiente, em duas décadas ultrapassaremos o ponto do não-retorno, além do qual o planeta mudará irreversivelmente, a despeito de todas as medidas.

Será que ainda podemos fazer alguma coisa para mudar isto? A resposta é sim e você verá como nos próximos textos. Boa leitura!

Meio ambiente em alerta


Até recentemente, a questão ambiental não ocupava o centro do noticiário. De vez em quando surgia uma campanha para salvar um animalzinho selvagem ou uma paisagem bonita. Parecia que as preocupações em torno do destino de um basouro escuro ou de um pântano distante não dizia respeito à nossa vida. A natureza parecia tão forte, o planeta parecia tão grande e os cientistas pareciam tão inteligentes que era difícil imaginar que nosso estilo de vida pudesse afetar a teia da vida de forma significativa.

No entanto, o cenário mudou rapidamente, e a situação desesperadora da Terra passou a figurar na primeira página dos jornais. Em todo o mundo há indícios de que um número reduzido de habitantes (os seres humanos) vem causando um dano potencialmente irreversível ao planeta, esgotando seus recursos e colocando em risco o futuro de todas as outras espécies.

E você? Está cooperando para isto?

Boas vindas. Por um mundo melhor!


A menos que você tenha passado os últimos anos numa ilha deserta ou no alto de uma montanha, provavelmente já notou que nosso planeta está em perigo. Por mais que se importe, porém, pode ser difícil vislumbrar maneiras de ajudar a resolver a questão com uma vida tão corrida. O objetivo deste blog é estimular e orientar aqueles que desejam cuidar ativamente do meio ambiente mas não sabem por onde começar.

Tráremos várias idéias e responderemos a várias dúvidas tão comuns aos nossos días e que muitas vezes não paramos para pensar. Tais como:

  • A energia nuvlear é uma ameaça ao planeta ou a resposta para seus problemas?
  • Como conservar a energia em casa e ao mesmo tempo economizar dinheiro?
  • Que posso fazer para deixar a meus netos o melhor legado possível, um planeta habitável?
  • Faria realmente diferença se eu caminhasse mais, se andasse de ônibus ou de metrô, se dirigisse menos?
  • Maus hábitos de consumo afetam a saúde do planeta?
Respondamos a estas e a inúmeras outras perguntas juntos.